Assistência ao Consumidor - 0800 723 4762
Atendimento de segunda a sexta-feira
Das 08:00 às 18:00 (exceto feriados)

EQUIPAMENTOS HIDRÁULICOS

Artigos | 21/11/16

Uma característica notável dos líquidos, diferente de gases e vapores, é a sua incompressibilidade. Traduzindo: é praticamente impossível reduzir o volume de uma quantidade de líquido pela simples compressão. Este fato produz consequências interessantes:

• tão logo o líquido é submetido à compressão (pressão), a totalidade do líquido passa a estar sujeita ao mesmo valor de pressão, em todas as suas moléculas e nas superfícies de contato com o vaso usado na compressão

• Foi Torricelli quem definiu o conceito de pressão, por volta de 1.640: nada mais é que uma força distribuída por uma área. Assim, quanto maior for o vaso usado na compressão (e portanto maior a quantidade de líquido), tanto maiores serão os esforços a que esse vaso será sujeito

• Foi Joseph Bramah, em 1.795, quem desenvolveu, a partir das constatações acima, a primeira prensa hidráulica. Baseia-se exclusivamente no fato de que uma pressão aplicada num vaso confinado se distribui uniformemente em todas as superfícies de contato. Uma prensa hidráulica consiste de um tubo de vasos comunicantes em forma (e posição) de U, sendo que em uma das extremidades o tubo é várias vezes (por exemplo, 10 vezes) mais grosso (diâmetro interno) que o correspondente do lado oposto.

Colocando-se êmbolos herméticos nessas extremidades, as áreas de contato destes estarão sujeitas a pressão de mesmo valor. No entanto, o esforço exercido sobre o êmbolo de maior diâmetro será cem vezes (isso mesmo: 102) maior que o esforço presente no êmbolo menor.

Utilização

Caso, por exemplo, exista um peso de 1 kgf atuando no êmbolo menor no sentido da compressão, e outro peso de 100 kgf no outro êmbolo, igualmente comprimindo, o sistema poderá permanecer parado, em equilíbrio. Se no entanto o esforço no êmbolo menor superar 1 kgf, o êmbolo maior simplesmente deslocará o peso de 100 kgf!

Supondo que a tubulação e os vasos comunicantes estejam dimensionados para a pressão descrita adiante, aplicando-se, por exemplo, 60 kgf no êmbolo menor, é possível erguer um peso equivalente a 6.000 kgf no êmbolo maior, o que é mais peso que o de muitos veículos em ambiente urbano.

De modo semelhante, uma prensa como a descrita acima pode ser usada para comprimir. Caso a superfície de apoio esteja vinculada rigidamente à estrutura de vasos comunicantes, um esforço discreto no braço estreito do U pode resultar um esforço capaz de comprimir (eventualmente esmagar) um material (compressível), que pode ser um granel, ou carne, papelão, estopa, sucata, retalhos de plástico, eventualmente lixo, que deve ser enfardado antes de seguir para o aterro.

Mesa hidráulica pantográfica

O pantógrafo nada mais é que uma treliça articulada, em forma de paralelogramo, podendo assumir formatos variados, mas sempre hipostáticos; é um recurso para assegurar a horizontalidade da mesa. É nesse tipo de estrutura que um cilindro hidráulico promove a estabilização, utilizando a multiplicação de esforços como a descrita anteriormente, possibilitando levantar cargas que um operário não ergueria, limitadas um valor máximo. A carga pode ser limitada tecnicamente: nada impede se usar um pressostato limitador de carga; ultrapassada a pressão correspondente à carga máxima, o pressostato desvia o líquido que compõe a prensa hidráulica de volta para o reservatório. Oferecido em três modelos no site da Vonder, o produto pode ser adquirido em versões de carga máxima de 150, 300 ou 500 kg.

Macaco hidráulico

Ilustrados no site da Vonder, existem dez modelos de macaco hidráulico tipo garrafa, com carga máxima entre duas e cinquenta toneladas. Em todos os modelos é possível enxergar o circuito hidráulico em forma de U: quanto maior a capacidade máxima, maior o diâmetro do cilindro elevador. Já os macacos portáteis, igualmente hidráulicos, consistem de aplicações de treliças triangulares.

Porta-palete

Em alguns aspectos semelhantes à mesa pantográfica, o porta-palete possibilita erguer o palete e a carga acomodada sobre este, e assim deslocar o conjunto sobre os casters que integram o equipamento hidráulico. Solução complementar às empilhadeiras, dispensa combustível ou energia elétrica, demandando manutenção e infraestrutura mais simples.

Voltar
Logo da Vonder

Assistência ao Consumidor - 0800 723 4762

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 18:00 (exceto feriados)

Logo da OVD